VISITANTES NO CEARÁ, BRASIL E MUNDO AFORA AO SITE MASSAPÊ INDO E VOLTANDO

ADEUS, WEYBSON !

Vimos manifestar a nossa solidariedade e profundo sentimento de pesar à família do jovem JOSÉ WEYBSON DIAS RODRIGUES, pelo seu falecimento ocorrido no último sábado (30), vítima de acidente de moto.

Nós que fazemos o site Massapê Indo e Voltando, e EEEP Francisca Neilyta Carneiro Albuquerque, principalmente os seus colegas do 2º Ano do Curso Eletromecânica, estamos de luto.

Neste momento em que a tristeza remove lembranças e eterniza saudades, desejamos à família muita força e que Deus possa confortar a todos.

INSTITUTO DATAFOLHA REALIZA PESQUISA PARA GOVERNO DO CEARÁ

O Instituto Datafolha vai estar em campo para realizar nesta segunda-feira (01) e terça-feira (02) a coleta de dados ao Governo do Estado do Ceará e ao Senado Federal. Na mesma ocasião, haverá sondagens de intenções de votos para a disputa presidencial e a aprovação do governo Dilma. A pesquisa foi registrada na última sexta-feira (29), sob o protocolo BR-000517/2014 no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além do Ceará, o Datafolha também fara levantamento nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Sul e no Distrito Federal.

NA PROPAGANDA POLÍTICA PELO RÁDIO, VICE DE MARINA MANIFESTA APOIO A ALCKMIN, DÁ PRA ENTENDER A DUBIEDADE DOS POLÍTICOS?

Apresentado como o vice de Marina, pós morte de Eduardo Campos, o deputado Beto Almeida (PSB/RS) manifestou apoio ao governador Geraldo Alckmin, candidato à reeleição pelo PSDB, na propaganda eleitoral do rádio, veículada na manhã desta sexta-feira, 29. Em São paulo, o PSB é aliado da chapa tucana, que ainda não exibiu no horário eleitoral gratuito o candidato do PSDB à presidência, Aécio Neves.

“Eu sou Beto Albuquerque, candidato a vice-presidente de Marina Silva. O sonho de mudar o Brasil, defendido por Eduardo Campos, está mais vivo do que nunca”, afirmou. O vice de Alckmin é Márcio França, presidente do PSB paulista e chefe do comitê financeiro da campanha presidencial.

VIA E-MAIL AO SITE MASSAPÊ INDO E VOLTANDO: "PRA MAIS DE 500"



José Maria Azevedo de saudosa memória (*03/02/1932 +09/08/2009), ingressou na política municipal massapeense em 15 de novembro de 1970, eleito vereador (cargo não remunerado) com expressivos 408 votos a favor, de um contingente de 2.379 eleitores, filiado a ARENA 2(Aliança Renovadora Nacional). Em 1972 renunciou ao mandato de vereador e concorreu às eleições majoritárias para prefeito de Massapê, tendo como companheiro de chapa, Zé Albino, perdendo apenas com cento e poucos votos de diferença para o seu opositor Francisco Lopes de Aguiar Neto. Concorreu novamente em 1976 (seu vice Evandro Rodrigues) e o vitorioso desta feita foi Beto Lira. Em setembro e outubro de 1988 ocupou a cadeira número 1 do Paço Municipal na qualidade de interventor.  Nas eleições de 1972 o mascote da sua campanha era uma vassoura, fazendo alusão ao símbolo de campanha do presidente da República Jânio Quadros (31/01 a 25/08/1961), segundo ele, no sentido de varrer a sujeita instalada pelo grupo situacionista. Nas passeatas pelo centro da nossa cidade, se via uma multidão de eleitores, literalmente varrendo as ruas, cada um com uma vassoura a tiracolo, cantando: Varre, varre, varre vassourinha... Os eleitores mais fanáticos transportavam na cabeça potes e baldes com água e sabão Pavão (é o novo!). A Justiça Eleitoral à época, não era tão exigente, e permitia que os candidatos promovessem festas com Comes & Bebes no interior das suas próprias residências. E, no “Terreiro da Casa Branca”, animadas festas com o Forró Chapéu de Rola sob a batuta do sanfoneiro Deca Juvêncio, raiavam o dia na residência oficial do popular político Zé Maria Azevedo. Abatiam-se bois, porcos, cabras e galinhas para servir aos convidados em grandes banquetes, que, via de regra, eram ofertados ao povo logo após a votação. Os eleitores da zona rural tinham até transporte (pau-de-arara) à disposição, para trazê-los e levá-los, tudo por conta exclusiva do seu candidato. A figura do cabo eleitoral – homem de confiança do candidato e de respaldo político junto à sua comunidade, era peça fundamental e preponderante para o sucesso da campanha eleitoral e, por consequência, a tão almejada vitória. Um desses cabos eleitorais era Luiz Oim – que foi incumbido por Zé Maria Azevedo para fazer uma pesquisa de intenção de votos no distrito Tangente, distante cerca de 20 kms de Massapê, cuja secção eleitoral à época, atingia aproximadamente 200 eleitores aptos a votar. Ibope por aqui, muito menos por lá, não existia e tudo era “feito nas coxas”, como diz um velho adágio popular. Luiz Oim (que além de alcoólatra era vesgo, daí a justificativa do apelido), passou três dias em campo, visitando aquele simpático distrito, com estadia, almoço, janta, merenda, aperitivos e mais algumas mordomias, sem falar nas aventuras romanescas, tudo por conta exclusiva do seu apadrinhado político. Ao retornar para Massapê, com um caderno ligeiramente amassado debaixo do sovaco e caneta apoiada por sobre a orelha, Luiz Oim se dirigiu ao nobre e conceituado político, aos soluços, perfazendo caminho de formiga, pois havia consumido generosas doses de cachaça serrana, daquelas de fazer rosário no copo, envelhecida em tonel de carvalho misturada com bálsamo. A seguir, transcrição do diálogo entre os dois, vazado nos seguintes termos:  
- Luiz Oim, tu fizestes a pesquisa que eu encomendei lá no distrito Tangente?
- Fi... fi... fiz, seu Zé Maria, hic, Azevedo...
- Lá, a gente ganha ou não ganha, Luiz Oim?
- Ga... ga... ganha, seu Zé, hic...
- Com quantos votos de vantagem, Luiz Oim?  
Luiz Oim, que mal conseguia se equilibrar, abriu o caderno de anotações contendo algumas fichas da tão esperada pesquisa, improvisou alguns rabiscos, tentou arregalar os olhos (como que arregala?), e respondeu taxativamente:
- Seu Zé Maria, hic, Azevedo, segundo meus cálculos, hic, lá no Tangente, o senhor ganha é de lavagem, hic...
- Sim, mas me diga com quantos votos de diferença?
- Hic... Pra mais de 500! – respondeu o ingênuo cabo eleitoral sem noções de números absolutos. O experiente político, que tinha como traços de personalidade, humildade e paciência franciscanas, deu largo sorriso e alfinetou:
- Luiz Oim, abre o olho. Além de vesgo, cego e bêbado, tu também é um doido “varrido”. No Tangente não tem 200 eleitores, como é que eu ganho por lá com mais de 500 votos de diferença?
Mazim Lira (1º), pref. de Moraújo Raimundo Lúcio (2º), Zé Maria Azevedo (5º), ver. Manoel Coelho do Tangente (6º),  pref. Beto Lira e presidente da Câmara, o ver. Chico Machado (7º e 8º) – por ocasião do 1º seminário para novos prefeitos do Ceará, ocorrido em Fortaleza, de 10 a 14 de janeiro de 1977.
Fotografia - fonte: Chico Machado.  
Do livro: Histórias que me contaram de Massapê – autor: Ferreirinha.

JOÃO NETO, EM NOVA MISSÃO

Em contato telefônico mantido conosco, o Professor e Advogado Dr. João Tomaz Neto informou que a partir da próxima semana estará ministrando aulas no Curso de Direito da Universidade Vale do Acarau.

Certamente, os alunos que chegarem à sala de aula em nossa querida UVA vão ter o privilégio de estudarem com um excelente professor, cujo profissional adquiriu profundo conhecimento na sua área de atuação.

SEGUNDO IBGE, BRASIL TEM QUASE 203 MILHÕES DE HABITANTES

Levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicado nesta quinta-feira (28) estima que o Brasil tem 202.768.562 habitantes. Os dados estão no "Diário Oficial da União" e a data de referência usada é 1º de julho de 2014.

Entre as unidades da federação, o estado mais populoso continua sendo São Paulo, que conta com mais de 44 milhões de residentes.Segundo o IBGE, desde a última estimativa, de julho de 2013, o Brasil tem mais 1.735.848 habitantes — um aumento de 0,8%. O texto também traz as estimativas populacionais de cada município do país.

O estado de Minas Gerais tem 20,7 milhões de habitantes e o Rio de Janeiro tem 16,46 milhões. A Bahia tem 15,12 milhões e o Rio Grande do Sul, 11,20 milhões. O menos populoso é o estado do Amapá, com 750.912 habitantes.
Entre as menos populosas estão Serra da Saudade (MG), com 822 moradores, e Borá (SP), com 835 habitantes.

A projeção das populações é feita anualmente a pedido do Tribunal de Contas da União (TCU) e serve de base para o repasse de recursos do orçamento aos municípios.

O estado do Ceará possui 8.742.791 habitantes segundo dados divulgados pelo IBGE

26º ARTIGO: "AGORA SERÁ A VEZ DO COMBUSTÍVEL DE PERNAMBUCO"?



O Ano de 1989 talvez possa ser apontado como o ano da retomada dos sonhos e da utopia da construção de um Brasil menos desigual. A ditadura fora extinta quatro anos antes com a saída de cena do último presidente general - João Figueiredo, aquele que dissera preferir cheiro de cavalo a cheiro de povo. Esse ano marca o retorno de eleições diretas para presidente, posto que as últimas da espécie ocorreram em 1960.

Nesse cenário de euforia e esperança, é do Nordeste que vem o combustível para incendiar as eleições presidenciais. Fernando Collor de Melo, sob o slogan “Caçador de Marajás”, encarnou o desejo  por mudança.  Em disputa, com Lula no segundo turno, Collor saiu vencedor. Instalado o novo governo, o país foi surpreendido com o mais traumático de todos os planos econômicos - aquele que confiscou a poupança e a conta-corrente dos brasileiros. O Plano Collor mostrou-se um fiasco e foi vencido pela inflação. Posteriormente denúncias de corrupção levaram  o fanfarrão das  Alagoas ao impeachment.

Vinte e cinco anos depois, diferente de 1989, o brasileiro parecia apático com as eleições presidenciais até que um fato, que só o acaso explica, reascendeu a esperança de um Brasil melhor. Mais uma vez o episódio vem do Nordeste. O presidenciável pernambucano Eduardo Campos até então meio desconhecido da população  sofre um acidente aéreo em Santos. A sua morte causou comoção nacional  e, de repente,  mexeu no xadrez eleitoral. A sua herdeira política Marina Silva agora parece encarnar o desejo reprimido de mudança. Era o combustível que faltava.

As semelhanças entre Collor e Marina não param só na origem do combustível.  Há uma outra,  Marina também pode ser presidente.  A  ex-senadora do Acre, nas pesquisas de intenção de votos, demonstra força para isso. No entanto, o Brasil espera que as semelhanças parem por aí.  

Em tempo, ainda incendiário acreditei em Collor. Depois aplaudi os estudantes e o povo que exigiram a sua retirada do governo. Hoje,  já bombeiro,  também acredito em Marina Silva. Mas se eleita presidente, espero não precisar aplaudir os cara-pintadas.

Dr. João Tomaz Neto
        Advogado e Professor

MÃE DE ALUNO TENTOU PROCESSAR PROFESSOR POR TER TOMANDO CELULAR EM SALA DE AULA E JUSTIÇA NEGOU O PEDIDO


O juiz Eliezer Siqueira de Sousa Junior, da 1ª Vara Cível e Criminal de Tobias Barreto, no interior do Sergipe, julgou improcedente um pedido de indenização que um aluno pleiteava contra o professor que tomou seu celular em sala de aula. De acordo com os autos, o educador tomou o celular do aluno, pois este estava ouvindo música com os fones de ouvido durante a aula.

O estudante foi representado por sua mãe, que pleiteou reparação por danos morais diante do "sentimento de impotência, revolta, além de um enorme desgaste físico e emocional". Na negativa, o juiz afirmou que "O professor é o indivíduo vocacionado a tirar outro indivíduo das trevas da ignorância, da escuridão, para as luzes do conhecimento, dignificando-o como pessoa que pensa e existe”.

O juiz Eliezer Siqueira de Sousa Junior, da 1ª Vara Cível e Criminal de Tobias Barreto, no interior do Sergipe, julgou improcedente um pedido de indenização que um aluno pleiteava contra o professor que tomou seu celular em sala de aula. De acordo com os autos, o educador tomou o celular do aluno, pois este estava ouvindo música com os fones de ouvido durante a aula. Segundo o site Migalhas, o estudante foi representado por sua mãe, que pleiteou reparação por danos morais diante do "sentimento de impotência, revolta, além de um enorme desgaste físico e emocional".

O magistrado se solidarizou com o professor e disse que "ensinar era um sacerdócio e uma recompensa. Hoje, parece um carma". Eliezer Siqueira ainda considerou que o aluno descumpriu uma norma do Conselho Municipal de Educação, que impede a utilização de celular durante o horário de aula, além de desobedecer, reiteradamente, o comando do professor. Ainda se considerou que não houve abalo moral, já que o estudante não utiliza o celular para trabalhar, estudar ou qualquer outra atividade. "Julgar procedente esta demanda é desferir uma bofetada na reserva moral e educacional deste país, privilegiando a alienação e a contra educação, as novelas, os "realitys shows", a ostentação, o "bullying" intelectivo, o ócio improdutivo, enfim, toda a massa intelectivamente improdutiva que vem assolando os lares do país, fazendo às vezes de educadores, ensinando falsos valores e implodindo a educação brasileira."
Informações via face Daniela, através do site Migalhas

MARINA, SERÁ QUE ELES PODERÃO TROCAR DE CNPJ?


Depois que o PSB anunciou a fórmula que está usando para encerrar o passado de arrecadações e despesas da campanha do ex-governador Eduardo Campos, com o fechamento formal do comitê financeiro e abertura de outro, com novo CNPJ (o número de registro de pessoas jurídicas), pelo menos três grandes empresas que pertencem ao campo de influência da candidata Marina Silva podem estar tentadas a fazer o mesmo.


Com uma multa a pagar de nada menos de R$ 18,7 bilhões à Receita Federal, por conta de impostos considerados não recolhidos pela fusão com o Unibanco, o banco Itaú tem esse problema em seu CNPJ. A alternativa encontrada pelo PSB, com a anuência de Marina, que já começa uma nova corrida de arrecadação, pode interessar.


No mesmo caso está uma companhia muito próxima da candidata. A Natura, do empresário Guilherme Leal, que foi candidato a vice de Marina em 2010, igualmente tem problemas com o Fisco. No ano passado, a empresa recebeu uma conta de R$ 628 milhões por IPI e Pis não recolhidos. Um CNPJ zero quilômetro também cairia bem para superar essa situação.


Para as Organizações Globo, que jamais esconderam sua oposição à presidente Dilma Rousseff e, nessa medida, veem com simpatia a opção Marina, umPara as Organizações Globo, que jamais esconderam sua oposição à presidente Dilma Rousseff e, nessa medida, veem com simpatia a opção Marina, uma suavização no apetite do Leão igualmente seria positiva. A emissora perdeu no ano passado recurso contra a receita de R$ 730 milhões, em razão de impostos não recolhidos pela transmissão da Copa do Mundo de 2002.a suavização no apetite do Leão igualmente seria positiva. A emissora perdeu no ano passado recurso contra a receita de R$ 730 milhões, em razão de impostos não recolhidos pela transmissão da Copa do Mundo de 2002.


Se a moda lançada pelo PSB de Marina pegar, com o passado menos transparente sendo jogado no lixo da história para a abertura de um futuro novo em folha, a fila para fazer o mesmo deverá ser grande.
Informações 247

AVIÃO DE EDUARDO: CAIXA 2 PODE DERRUBAR MARINA

Polícia Federal já investiga se o jato usado por Eduardo Campos e Marina Silva, que desabou em Santos (SP) matando o ex-governador pernambucano e outras seis pessoas, foi comprado com o uso de recursos não contabilizados; como as despesas não foram declaradas na campanha do PSB, as contas poderão ser rejeitadas pelo Tribunal Superior Eleitoral; "Se os gastos com o avião não forem declarados, isso pode configurar omissão de despesas e o candidato pode responder a uma ação por abuso de poder econômico", diz a advogada Katia Kufa, presidente do Instituto Paulista de Direito Eleitoral; segunda ela, a própria Marina Silva pode ter a candidatura cassada; dificuldade do PSB é encontrar um dono para o avião, uma vez que o proprietário teria também que arcar com o custo de indenizações e danos materiais causados a terceiros
Informações Brasil 247 

A ESCOLHA DE AÉCIO: REAGIR AGORA OU ABRIR PASSAGEM

O presidenciável Aécio Neves está diante do maior desafio político de sua campanha – e, pelo tamanho do prêmio, de sua vida pública. A percorrer o caminho suave apontado por conselheiros como o presidente Fernando Henrique, que não quer ver a candidata Marina Silva, do PSB, "melindrada", ou ouvir vozes influentes na formulação econômica tucana, como o ex-ministro Luiz Carlos Mendonça de Barros, que vê "muitos pontos em comum" na plataforma dos dois candidatos, Aécio pode estar frito. As fórmulas que preservam de crítica a nova concorrente servem, sem dúvida, a um certo projeto de tornar o PSDB uma legenda que, conscientemente, abriria passagem aos 'marineiros', agora, e daria apoio à eventual gestão, mais tarde, da adversária no Palácio do Planalto.

Nesta última segunda-feira 25, ao mesmo tempo, em entrevistas para dois dos principais jornais do País, dois dos mais destacados envolvidos na campanha de Marina manifestaram agrado por essa estratégia que, a eles, soa como música. Tanto o presidente do PSB, o experiente Roberto Amaral, na Folha de S. Paulo, como o professor Eduardo Gianetti, credenciado como o maior formulador da plataforma econômica da candidata, no Valor Econômico, falaram em "governar com as franjas do PT e do PSDB", num recado que, a esta altura, só serve para os quadros qualificados desta última agremiação.

Ao contrário de chefes tucanos como FHC, não houve no PT quem manifestasse alguma simpatia pela candidatura de Marina. Ao contrário, a entrada na disputa correspondeu a respostas diretas e indiretas da própria candidata Dilma Rousseff na oposição ao nome do PSB. Citando Marina, a presidente disse que a ela falta "experiência administrativa".

Na tarde de ontem 25, no Palácio do Planalto, respondendo a jornalistas, Dilma afirmou, de maneira enviesada, que um candidato que não se preocupa com a gestão não serve para ser presidente do Brasil, mas apenas "para Rainha da Inglaterra". Em outras palavras, para conter o esperado crescimento de Marina, Dilma começou a 'bater' nela. Em seguida, cobrou da candidata do PSB explicações formais sobre a situação do jatinho em que Eduardo Campos morreu - e o qual a própria Marina fez uma série de viagens de campanha.
Brasil 247

RENOVAÇÃO: PRESIDENTE DO CEARÁ CONFIRMA MAGNO ALVES EM PORANGABUÇU ATÉ 2015

O Ceará pode voltar a dar atenção apenas para a Copa do Brasil e para a Série B do Campeonato Brasileiro. Depois de quase perder seu principal jogador, o Alvinegro deu a volta e assegurou Magno Alves por, pelo menos, mais um ano. Evandro Leitão, presidente licenciado do clube, confirmou, via Twitter, que o Magnata não deixará Porangabuçu tão cedo.

“Ele não somente ficará até o final do ano nos ajudando para conseguirmos o nosso acesso, como também seu contrato será renovado para a próxima temporada, com o objetivo de nos ajudar na campanha do ano de 2015”, avisou. Logo em seguida, ele postou uma foto com Magnata e com o diretor de Futebol e presidente em exercício, Robinson de Castro.

A torcida permanece com o ídolo, o time com o artilheiro, e Sérgio Soares com um dos atletas mais atuantes do grupo. Este ano, o atacante de 38 anos jogou 42 dos 52 jogos que o Vovô disputou - o índice é de 80% de participação. Neles, marcou 27 gols e se consolidou, depois de um 2013 no mesmo caminho, como o atacante de referência do grupo. Hoje, ele é o vice-artilheiro da Série B e divide a artilharia da temporada com Robert, do Fortaleza (pois um dos gols, marcado na Taça dos Campeões Cearenses, não é incluído na conta).

Desde a semana passada, o Fluminense cogitava levar o jogador de volta às Laranjeiras, onde esteve entre 1998 e 2002. A multa de R$ 1,5 milhão para a rescisão do contrato de Magno, porém, tirou a pressa da contratação. O empresário do jogador, Maurício Nassif, comentou que o Fluminense estaria disposto a esperar até o fim de novembro, quando o contrato anterior se encerraria, para tê-lo no elenco.
Informações O Povo

COMSEA PROMOVE CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO E ECONOMIA DE ÁGUA


O Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (COMSEA) - representado pela senhora Maria Iolanda Melo - e aliado a diversos segmentos representativos da sociedade civil organizada, vem realizando palestras educativas nas escolas, associações e entidades de classe.

Na última sexta-feira (22) a equipe esteve na Escola Ensino Estadual Profissionalizante expondo aos alunos, o mote da campanha e à conscientização de todos sobre a utilização correta da água, produto tão precioso e desperdiçado em tempo de escassez.

A expectativa de agora em diante, segundo Iolanda, é prosseguir com essa informação a cada cidadão massapeense, de forma que todos possam ser multiplicadores da ideia, razão pela qual não se pode mais admitir que maior o reservatório do município, perda tanta agua de forma exagerada. “Estimular o uso consciente da água é um dos grandes desafios de toda a população massapeense. Queremos ampliar o combate de desperdício através do trabalho educativo. Por isso, o COMSEA está abrindo um leque de discussão com a sociedade, para tentarmos evitar que as comportas do Ipaguassu-Mirim sejam abertas diariamente”, explica a presidente. 

Já o jovem Luiz Carlos, representante de um dos movimentos sociais, falou da importância da principal fonte de vida, essencial para todas as espécies. “Agua é o nosso bem maior, um tesouro que infelizmente está sendo desperdiçado, porque falta conscientização nas pessoas. Nós não podemos passar o que vem acontecendo em São Paulo, onde a população recebe água racionada uma vez por dia. Além do nosso consumo, e diante da escassez, não podemos admitir que o açude Acaraú-Mirim esteja abastecendo 12 municípios da nossa região. Para que isso não afete nossas vidas é necessario tomarmos algumas providências, e uma delas é pedir o apoio de todos a levarem este abaixo-assinado aos familiares de vocês, aos bairros e às comunidades", ressaltou.

O site Massapê Indo e Voltando teve acesso ao ao documento, cujo assunto é assim expressado:

TENHA UM PINGO DE CONSCIÊNCIA

Nós abaixo-assinados, usuários do Açude Acaraú-Mirim, considerando que:
Devido aos efeitos da falta de chuva e consequetemente à escassez de água, o nível do Açude Acaraú-Mirim encontra-se numa situação de extrema escassez;
Os múltiplos usos do Açude Acaraú-Mirim encontra-se extremamente prejudicados devido a quantidade e à qualidade da água, principalmente o abastecimento humano, uso prioritário conforme a Lei Nº 9433 - Política Nacional de Recursos Hídricos;
A comporta que abastece a população de jusante encontra-se aberta 24 horas por dia, 7 vezes na semana, 365 dias ao ano, um grande desperdício de água. Os canais de captação de água para a população de jusante encontram-se danificado, obstruídos, além de barramentos irregulares, o que prejudica à agua chegar a todos.
Exigimos,
Providências imediatas, para redução e/ou paralisação imediata da liberação d'água na galeria ou abertura das comportas, apenas aos fins de semana;
A recuperação dos canais para que as perdas de águas sejam diminuídas;
Projetos de melhorias da qualidade da água, de sensibilização quanto ao uso racional da água e de educação ambiental no entorno do açude.
Fiscalizar os usos múltiplos e irregulares no entorno do açude, entre eles: lavagem de roupas, animais, veículos, além de lançamento de esgoto e lixo, desmatamento, ocupação desordenadas das margens, etc. 

Veja algumas imagens feitas pelo nosso site


EM SOBRAL, IZOLDA CELA PARTICIPA DA CAMINHADA PELA EDUCAÇÃO


Profissionais da educação, incluindo representatividades do ensino escolar da Zona Norte do Estado do Ceará, participaram no último sábado (23), da Caminhada pela Educação. A concentração começou às 9h, em frente à igreja da praça São Francisco, em Sobral, e em seguida percorreu por vias artérias do centro, finalizando no beco do cotovelo.

Estivemos por lá, e o nosso leitor pode acompanhar algumas imagens feitas pelo site Massapê Indo e Voltando. Ei-las: 
 

NICOLE BARBOSA, QUE SERIA CANDIDATA AO GOVERNO PELO PSB, DECLARA APOIO A CAMILO SANTANA

A empresária Nicolle Barbosa e ex-pré-candidata ao Governo do Estado, receberá grupo de empresários, nesta segunda-feira (25), em sua residência, em Fortaleza, para declarar apoio político à candidatura de Camilo Santana (PT), candidato a governador do Ceará.

Durante café da manhã, Nicolle Barbosa debaterá com empresários diretrizes sobre o desenvolvimento do estado, anunciará apoio ao candidato e declarará sua integração à campanha.

Além dos candidatos na chapa majoritária - Camilo Santana, Izolda Cela (vice) e Mauro Filho (senador) -, confirmou presença, o prefeito de Fortaleza Robero Cláudio. Nicolle Barbosa afirma que mantém firme o propósito de eleger Marina Silva (PSB) para a presidência da República.